PT

DOLMEN DE ALCOBERTAS

| mais

O Dólmen de Alcobertas é um monumento megalítico de carácter funerário, composto de câmara e corredor. É uma construção típica do Neolítico Final encontrando-se entre os dez maiores da Península Ibérica.

É formado por dez esteios de grande espessura (oito formam a câmara e dois o corredor com uma laje por cima). A câmara é encimada por um pequeno registo onde assenta um peculiar telhado, datado do século XVII/XVIII, consequência da fractura do chapéu em data incerta.

Em Portugal, este tipo de obra é única, pois do dólmen nasceu a atual igreja matriz, continuando este a ser usado como capela lateral.

Antes o dólmen, localizado fora do lugar, servia de pequena ermida ao povo. Nesta foi colocada uma imagem de Stª M.ª Madalena. A ermida é elevada a primeira igreja da freguesia com jurisdição paroquial, por carta de licença do Senhor D. Afonso, Cardeal do titulo de S. Braz, Arcebispo de Lisboa, passada em quatro de Julho de 1536.

A Igreja paroquial de Alcobertas é um raro exemplo de cristianização de um ancestral monumento megalítico, que sobreviveu até aos nossos dias. A igreja propriamente dita deve datar dos anos finais do século XV. No seu interior sobressaem, pela sua antiguidade a Pia Batismal e a Pia de Água Benta, ambas do séc. XVI e os azulejos do séc. XVII.

Actualmente, encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público.


GPS: 39.4182887,-8.903919

Dólmen

AGENDA
VEJA TODOS OS EVENTOS +
FRIMOR 2018
2018-08-29
Animatro - Festival de Teatro Rio Maior
2018-09-28
Usamos cookies para ajudar a dar-lhe a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar sem alterar suas configurações de cookies, assumimos que concorda com a política de cookies do site Turismo Rio Maior. No entanto, se quiser, pode alterar as suas configurações de cookies a qualquer momento.