PT

CARREIRAS

| mais

Até aos meados do séc. XX, quando se generalizou forrar e / ou cimentar o fundo dos "talhos", estes eram compostos de terra argilosa e sal compactado, num modelo muito semelhante ao
utilizado nas salinas marinhas ou de litoral.

As "carreiras" eram utilizadas para recolher e lavar o sal de possíveis impurezas que fossem "raspadas" do fundo argiloso dos "talhos".

No centro de alguns "talhos" ainda é possível detetar a presença de fiadas de lajes aparelhadas de pedra calcária.

Esta operação tinha três etapas distintas:
1."Puxar a cabeça" - Ato de puxar o sal para uma extremidade da "carreira"
2."Desemborrar" - Ato de lavar o sal depois da água clarear
3."Pôr a direito" - Ato de lavar o sal, caso não ficasse lavado durante o "desemborrar"

AGENDA
VEJA TODOS OS EVENTOS +
Festa do Sal - Há Festa na Aldeia
Sal de Rio Maior volta a ser distinguido com Prémio Cinco Estrelas Regiões
Apresentação de candidatura ao Projeto “Aldeias de Portugal”
Usamos cookies para ajudar a dar-lhe a melhor experiência possível no nosso site. Se continuar sem alterar suas configurações de cookies, assumimos que concorda com a política de cookies do site Turismo Rio Maior. No entanto, se quiser, pode alterar as suas configurações de cookies a qualquer momento.